Notícias

nota-oficial-sticc-denuncia-de-racismo

NOTA OFICIAL STICC - DENÚNCIA DE RACISMO

Qua, 10 de Fevereiro de 2021 17:08

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil presta sua solidariedade às mais de 40 entidades e organizações civis , lideradas pelo Movimento Negro Unificado, que assinaram a representação encaminhada pelo Ministério Público à Delegacia de Combate à Intolerância, que resultaram no indiciamento do ex-vereador Valter Nagelstein por crime de racismo.

O ex-vereador e ex-candidato à prefeitura de Porto Alegre foi indiciado pela Polícia Civil em razão de um áudio enviado a apoiadores após o primeiro turno das eleições 2020, onde ele afirma que os vereadores eleitos pelo PSOL são "jovens, negros, sem nenhuma tradição política, sem nenhuma experiência, sem nenhum trabalho e com pouquíssima qualificação formal".

Segundo a Delegada Andreia Mattos, responsável pelo caso, “ Nagelstein cometeu duas das três condutas descritas no artigo 20 da lei 7.726, que considera crime praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Ele não ofendeu só a honra subjetiva dos vereadores. Também ofendeu toda uma coletividade. Esse é um crime inafiançável, com pena que varia de dois a cinco anos de prisão “.

O STICC é contra qualquer tipo de discriminação e mantém um forte posicionamento contra essas atitudes, reafirmando seu compromisso na busca de uma sociedade livre, igualitária e sem preconceitos. Reafirma também que vai continuar denunciando às autoridades competentes, toda e qualquer manifestação de racismo, exigindo a punição exemplar dos responsáveis por esses atos.

Gelson Santana
Presidente do STICC

 

TV STICC

Marreta Online

Marreta On-line

Denúncia

Denuncie informações aqui

Colônia de Férias

Colônia de Férias informações aqui