Notícias

Nota de Repúdio

Qui, 29 de Agosto de 2013 08:26

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre repudia a negligência que resultou no desabamento de um prédio em construção na Av. Mateo Bei, zona leste de São Paulo. Estamos enlutados com as oito mortes e solidarizados com os 26 feridos. De acordo com a prefeitura de São Paulo, tratava-se de uma obra irregular, onde o proprietário já havia sido multado e intimado a resolver a situação da construção. É revoltante que nos dias de hoje ainda ocorram fatos como esse, não somente no Brasil. Em abril de 2013, o desabamento de um prédio de oito andares que abrigava fábricas em Bangladesh provocou a morte de 1127 pessoas. Mesmo depois de avisados, os empresários não paralisaram as atividades no local, expondo seus trabalhadores ao risco de desabamento. Por isso defendemos: a irresponsabilidade de muitos patrões está resultando em dados estatísticos assustadores de mortes e acidentes na construção civil. O maior fiscal deve ser o empresário, pois é ele o responsável por garantir a segurança dos seus funcionários. Encontramos, para nossa tristeza, diariamente, trabalhadores ambientados em condições insalubres, porque muitas empresas não cumprem as regras básicas de segurança e saúde - não fornecem os Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s) necessários, alojamentos e sanitários adequados dentro da obra. A falta de condição de trabalho interfere diretamente no número de mortes e acidentes. Enquanto este tipo de profissional displicente com a segurança do seu funcionário não for parar na cadeia, os acidentes continuarão acontecendo. Infelizmente, ainda prevalecem os maus empresários que não respeitam aqueles que constroem o nosso país – os trabalhadores da construção civil. É por isso que o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil luta incansavelmente por dignidade, segurança e respeito para o trabalhador. Estamos entristecidos e revoltados pelo fato ocorrido.

TV STICC

Marreta Online

Marreta On-line

Denúncia

Denuncie informações aqui

Colônia de Férias

Colônia de Férias informações aqui