Ponto de Vista

PONTO DE VISTA

Qua, 23 de Dezembro de 2015 09:51

Só Deus sabe

Estourou a bolha imobiliária brasileira. Aquilo que o ex-presidente chamava de "marolinha" era, na verdade, uma onda gigante que nos atingiria em alto mar como um tsunami. Enquanto outros países (o mais notável USA) saiam, nós entravamos.

Essa turbulência atingiu a Construção Civil em cheio. Contratos abandonados, imóveis, cidades inteiras, às moscas. Crise inigualável quebrando empresas, demitindo operários, na maior onda de demissões jamais vista.

Nessa hora o setor desaqueceu. Foi uma lástima!

Pena. Porque foram anos recuperando, qualificando mão de obra, perdida havia anos. Gente que voltou, reaprendeu, investiu nas funções criadas. Ficou melhor.

Quanto tempo vai durar a crise, esta gente que saiu vai voltar? Ou a desconfiança irá migra-los para outras profissões.

Por falar em migração, para onde vão os imigrantes haitianos e africanos. Eles viram na construção civil saída. A eles restará voltar, ou mudar de profissão.

Sindicatos sugerem um plano de emergência para o setor que mais emprega no Brasil. Certamente vão às ruas protestar.

Pensem nisso!

Por João Garcia

TV STICC

Marreta Online

Marreta On-line

Denúncia

Denuncie informações aqui

Colônia de Férias

Colônia de Férias informações aqui