Notícias

sticc-na-midia-gazeta-centro-sul-faz-reportagem-especial-com-sticc

STICC na mídia: Gazeta Centro-Sul faz reportagem especial com STICC

Seg, 25 de Agosto de 2014 11:31

Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Porto Alegre se destaca na megaobra da CMPC

Com mais de sete mil trabalhadores, a megaobra de expansão da CMPC Celulose Riograndense, em Guaíba, ressalta a atuação do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre (STICC), que possui sede na capital e subsedes em Guaíba, Canoas e Gravataí. Em julho, o sindicato demonstrou força e união durante assembleia realizada em Guaíba para decidir sobre a possibilidade de desmembramento da Instituição, o que foi descartado de maneira incontestável pela categoria.
Essa semana, a Gazeta Centro-Sul esteve na sede central da entidade, no Bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre conhecendo a estrutura e os trabalhos de um dos maiores Sindicatos do Rio Grande do Sul.
Em entrevista à Gazeta, o secretário-geral Gelson Santana ressaltou que a entidade acredita no diálogo com os empresários como forma de avançar nas conquistas, fortalecendo os direitos dos trabalhadores. O líder, que representou a categoria no seminário da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra (Suíça), no início de junho deste anos, ressaltou que o acordo firmado com as empreiteiras que estão executando o projeto da Celulose Riograndense marca um dos maiores aumentos salariais do país, com um índice de 9,5%, além de acréscimo significativo no cartão alimentação, auxílio-educação e horas extras. Gelson destacou também o Setor de Fiscalização, com trabalho atuante dm defesa dos trabalhadores, ressaltando que o STICC possui uma subsede dentro do canteiro de obras da CMPC, sendo caso único no Brasil.

Obra Pública Legal
A Prefeitura de Porto Alegre firmou, recentemente, uma parceria com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre para implantar o programa Obra Pública Legal, que integra governo, trabalhadores e empresários envolvidos em obras públicas, visando qualificar o serviço, aumentando a segurança, combatendo a precarização e a informalidade do trabalho e garantindo a gestão correta e transparente do dinheiro público. O sindicato apresentou a proposta ao executivo de Guaíba, que está avaliando a possibilidade de implantação.

Escola Profissionalizante
Na sede do sindicato, em Porto Alegre, funciona a Escola Profissional da Construção Civil (EPCC), com estrutura especial para oferecer cerca de 20 cursos profissionalizantes por ano. De acordo com o coordenador da Escola, Dario Fuchs, os cursos, com duração entre 60 e 120 horas, colocam no mercado profissionais preparados para diversas profissões como carpinteiro, pedreiro, ferreiro, pintor e mestre de obras, entre outras.

Atendimento de saúde
Com uma mensalidade de R$ 7,00, o sindicato oferece aos associados atendimento de saúde: oftalmo, otorrino, gineco, clínica geral, medicina do trabalho, pediatria, traumato, ortopedia, odonto e psicologia.

Confira as fotos:

TV STICC

Marreta Online

Marreta On-line

Denúncia

Denuncie informações aqui

Colônia de Férias

Colônia de Férias informações aqui