Notícias

varias-obras-sofrem-paralisacoes-por-falta-de-pagamento-e-seguranca

Várias obras sofrem paralisações por falta de pagamento e segurança

Ter, 26 de Novembro de 2013 15:37

Na manhã de hoje, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil (STICC) paralisou cinco obras em Porto Alegre. As intervenções ocorreram por falta de pagamento de adiantamento, rescisão e décimo terceiro salário, insalubridade e ausência de segurança para o trabalhador. Os canteiros pertencem às construtoras Porto Novo (obra no HPS e da UFRGS), Engefort (dois canteiros) e Spe My Way2.
A Porto Novo já é velha conhecida do STICC. Não é a primeira vez que comete arbitrariedades, já tendo contabilizado, inclusive, duas mortes em seus canteiros. “Além de manter cobra jararaca e escorpião no alojamento dos trabalhadores, agora deixa de pagar o seu salário sagrado. Como é que pode uma empresa dessas se manter no mercado? Como é que pode tanto desrespeito com os trabalhadores e nada ser feito? Chegou o momento de alguém tomar uma atitude com relação a Porto Novo. Alguém tem que fazer alguma coisa”, indigna-se o secretário-geral do STICC, Gelson Santana.
Até o momento, as empresas Spe My Way2 e a Porto Novo já regularizaram os pagamentos dos trabalhadores. As obras da Engefort seguem paralisadas.

 

Texto: Andrea Pinto

Confira as fotos:

TV STICC

Marreta Online

Marreta On-line

Denúncia

Denuncie informações aqui

Colônia de Férias

Colônia de Férias informações aqui