Notícias

sticc-participa-de-encontro-mundial-na-alemanha-sobre-migracao

STICC participa de encontro mundial na Alemanha sobre migração

Ter, 11 de Julho de 2017 11:52


O STICC (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre), representado pelo seu presidente Gelson Santana, esteve no Global Forum on Migration e Development Civil Society, que ocorreu em Berlim (Alemanha) no início do mês de julho. O STICC foi o primeiro sindicato brasileiro ligado a construção civil a participar desse encontro mundial.


Para o presidente do STICC, que também é o coordenador da América Latina e Caribe do tema Migrantes na ICM (Internacional da Construção e da Madeira), o evento tem o propósito de dar direitos aos migrantes. Cerca de 80% dos trabalhadores migrantes no RS são oriundos do Haiti e o restante vindo da África, atuando principalmente da construção civil. Os migrantes entram no país mas os governos depois não prestam a devida assistência. “Queremos que eles façam uma reflexão sobre a sua força e entendam que são capazes de construir uma nova realidade para as suas vidas”, enfatizou.


Na ocasião, foi apresentada declaração da Assembleia Geral da ONU, que prevê a construção de dois pactos para melhorar a governança: uma relacionada à imigrantes e outra à refugiados. No último fórum global de migrações, os assuntos abordados foram a falta de capacidade dos estados nacionais de resolver os problemas que levam à migração involuntária e de lidar com a migração voluntária; violações de direitos humanos dos migrantes no percurso ou no país de destino; xenofobia; e acesso ao serviço público.


STICC e migrantes


O sindicato gaúcho proporciona aos migrantes curso gratuito de português, festa de final de ano para trabalhadores e familiares associados ao STICC (400 participantes) com distribuição de brindes (bicicletas, ventiladores, vales-rancho entre outros).

Confira as fotos:

TV STICC

Marreta Online

Marreta On-line

Denúncia

Denuncie informações aqui

Colônia de Férias

Colônia de Férias informações aqui